Domingo, 18 de Março de 2012

Mindelenses inconformados perante “omissão” da Câmara Municipal de S. Vicente! Esta prova de omissão reporta-se à Dezembro do ano passado. A Edilidade, neste caso: Humberto Lélis, o vereador de Cultura, incumpre a decisão municipal que “manda avaliar as Zonas da ilha - com Júri – sobre as melhores em decoração natalícia.
Elisângelo Ramos, no Mindelo

Com gritos de alerta, dum lado, e protesto também,  as vozes do inconformismo soam em S. Vicente.
Grupos de Cidadãos calcorrearam em Novembro/Dezembro de 2011 as principais avenidas do Centro Histórico do Mindelo – procuravam apoios àquilo que se designou chamar de Concurso Inter-zonas,.
Polícia Nacional, Polícia Judiciária disseram, sim!
Tanto assim é que  os alegados vencedores do concurso  são os primeiros  a  reclamarem com algum “direito” o alto trabalho das pessoas e das Comunidades; “a Câmara Municipal de São Vicente mal tem observado os prazos à que se propõe”, não repara, por exemplo, que decorre uma ALTA OPERAÇÃO envolvendo tão-só  a força da cidadania participativa com aqueles que (com profissionalismo): se mostram capazes de fazer de Mindelo uma cidade limpa orgulho daqueles que se “juntam à nós”, comenta em tom de desabafo o líder da  rua 1, em Monte Sossego, em entrevista ao repórter Elisângelo Ramos nhaterra.com.cv que testemunhou, há cinco meses, a entrega “ dos moradores da zona num frenesim em,  por um lado, cumprir os prazos á luz do poder executivo loocal e, por outro, desafiar os demais habitantes à se entregarem ao voluntariado”, comenta um dos organizadores da Decoração em Campinho, Monte e Dji d’ Sal.
À Câmara Municipal de São Vicente se deslocou o jornalistas terra-activa.blogs.sapo.cv. Fomos informados que “ estamos com dificuldades no acesso aos dados, devido às ligações com a Internet”.

Em síntese: “é hora de Autarquia cumprir. Prometeu premiar as zonas com melhor desempenho em decoração natalícia. Não fê-lo até agora. Estamos com dívidas; embora os vencedores do ano passado já tenham  investido os prémios de 2010”, depõe um dos nomes da equipe em Fonte Filipe.

O nhaterra.com.cv sentiu o pulsar em Campinho; onde também os festejos de Natal e fim-de-ano “contaram com a elevada participação comunitária”. As palavras são dum dirigente associativo quer, por ora, prefere o anonimato. Já um dos outros promotores de  Campinho diz: “ fizemos a melhor decoração em São Vicente nessa entrada à 2012. Oas próprios jurados vieram cá e nos felicitaram”, alega um dos responsáveis pela “mob ilibação” nessa zona ao litoral de S. Vicente.

Seja como for:
 a Autarquia cmsv.cv deve ao voluntariado mindelense e indispõe-se a esclarecer os concorrentes – à medida do lançamento propagandístico do evento à medidas dos anúncios de 2011.





publicado por Elisângelo Ramos às 16:58
O concurso que tornou-se tradição em São Vicente foi criado há alguns anos e sempre com participação de zonas como o Chã de Alecrim, várias vezes vencedor, Monte Sossego, Monte, Campinho, Medeiralzinho e outros. Lançado pela CMSV durante a época natalícia desafia as zonas a se enfeitarem de forma a elevar o espirito natalicio e a embelezar a cidade. Posteriormente as zonas inscritas são avaliadas por um júri, sendo premiados aqueles que mais se esforçeram para limpar e embelezar as suas zonas, sendo-lhes atribuido uma quantia siimbólica em jeito de prémio.
Em 2011 participaram várias zonas eaté agora continuam a espera e sem qualquer satisfação por parte do pelouro da cultura.
Tanto tempo depois, a CMSV mostra um profundo desrespeito por aqueles que concorreram e que pelo menos merecem uma satisfação por parte do vereador da Cultura.

Até parece uma manobra para poupar poupar os deviar a qualtia que é anualmente atribuido... é que sem vencedores não há prémios.ouve e foi lançado pela CMSV que agora esconde a classificação para não atribuir os prémios.

Um dos interessados ao tentar saer junto da CMSV ficou a saber quem a decisão dos vencedores sai da Assembleia Municipal....

...Dizem que entretanto AM, foi assaltada e roubaram a classificação...

E assim compreende-se tal demora....
Bom rapaz veiga a 18 de Março de 2012 às 22:00

Meu caro,
Cabe-nos apurar os factos. Prometemos ir à fonte!
Continue a comentar.
O Editor

O concurso que tornou-se tradição em São Vicente foi criado há alguns anos e sempre com participação de zonas como o Chã de Alecrim, várias vezes vencedor, Monte Sossego, Monte, Campinho, Medeiralzinho e outros. Lançado pela CMSV durante a época natalícia desafia as zonas a se enfeitarem de forma a elevar o espírito natalício e a embelezar a cidade. Posteriormente as zonas inscritas são avaliadas por um júri, sendo premiados aqueles que mais se esforçaram para limpar e embelezar as suas ruas, sendo-lhes atribuído uma quantia simbólica em jeito de prémio.
Em 2011 participaram várias zonas e até agora continuam a espera e sem qualquer satisfação por parte do pelouro da cultura.
Tanto tempo depois, a CMSV mostra um profundo desrespeito por aqueles que concorreram e que pelo menos merecem uma satisfação por parte do vereador da Cultura.
Até parece uma manobra para poupar ou desviar a quantia que é anualmente atribuída... é que sem vencedores não há prémios.
Um dos interessados ao tentar saber junto da CMSV ficou a saber que a decisão dos vencedores e a atribuição dos prémios é da Assembleia Municipal.
...Dizem que entretanto a AM, foi assaltada e roubaram a classificação...
E assim compreende-se tal demora.
Bom rapaz veiga a 18 de Março de 2012 às 22:13

JORNALISMO CULTURAL
Elisângelo Ramos
Pesquisar
 
Comentários Recentes
Olá :)Este post está em destaque Na Rede na homepa...
A Gala 'vozes Femininas' foi uma boa iniciativa. ...
Meu caro,Cabe-nos apurar os factos. Prometemos ir ...
Posts mais comentados
Favoritos
Patrocinador/Mecenas

Arquivos
blogs SAPO